O que leva uma empresa a prosperar e alcançar o sucesso financeiro são os resultados do time de vendas. Entretanto, é fato que durante esse processo, há diversos desafios a serem enfrentados.

Entre eles, estão o processo de vendas e a sua gestão, que está em constante mudança. Isso ocorre em razão das técnicas de venda, que acompanham as transformações que surgem no mercado ou no comportamento dos consumidores.

Logo, se um empresário não estiver atualizado, pode ser passado para trás pela concorrência. É comum que os profissionais do segmento, apesar de terem as qualidades necessárias para atingir bons lucros, utilizem ferramentas antigas e acabem não obtendo os resultados desejados.

Quer saber as diferenças entre as ferramentas modernas e as tradicionais para o time de vendas? Neste post, falamos mais sobre elas! Acompanhe!

Times de vendas: tradicional e moderno

Diversos mecanismos podem ser utilizados pelo time de vendas. Contudo, há diferenças entre as técnicas modernas e as tradicionais. Confira!

Ouvir mais e falar menos

Na equipe tradicional, em uma negociação, é o vendedor quem fala mais e está a todo momento com o papel da fala. Já na moderna, é o cliente que devem contar o que procura, quais são suas necessidades ou seus problemas. É importante demonstrar que ele está sendo ouvido e não interrompê-lo.

Dar ênfase ao valor, não ao preço

No modelo tradicional, os benefícios de um produto são suas características técnicas e, principalmente, seu preço. Ocorre que essas informações são facilmente encontradas na embalagem e na etiqueta do produto.

Assim, na versão moderna, o vendedor apresenta e explica as vantagens do produto, bem como quais são seus serviços e suas utilidades na prática. A ideia é ir além das características técnicas.

Concentrar-se no consumidor, não no vendedor

Durante o processo de vendas tradicional, os vendedores são o centro das estratégias de vendas. Isso pode tornar as ações deles um pouco menos concisas.

Já no processo moderno, concentra-se nos passos tomados na jornada de compra do consumidor. Os vendedores buscam conhecer, analisar e pesquisar os usuários para, assim, tomar uma decisão ou ação.

Criar produtos personalizados, não genéricos

O vendedor deve apresentar os valores e as qualidades do produto ao cliente antes de suas capacidades técnicas. E um produto personalizado é mais valorizado.

Na modalidade de vendas antiga, os produtos são os mais genéricos possíveis. Serviços e produtos semelhantes estão disponíveis nos concorrentes, com apresentação, valor e utilidades similares.

Já na moderna, são criados conteúdos mais específicos para cada tipo de público. O vendedor tenta oferecer os melhores itens que conseguir elaborar, com uma apresentação cativante de alto impacto.

Quando se entende isso, é mais fácil compreender as diferenças entre os dois processos.

A importância da atenção às mudanças

Não importa qual o segmento de mercado, as mudanças são constantes e as técnicas de vendas mais antigas não surtem mais efeitos. Além disso, os consumidores estão mais informados, conscientes e exigentes. Por isso, atualização é um dos pilares do mercado, já que o conhecimento é um grande diferencial para o vendedor.

Quanto mais atualizado o time de vendas estiver, mas a empresa pode ganhar com isso. Adaptar-se aos desejos e às necessidades dos clientes é fundamental para não ser trocado pela concorrência.

Agora você já sabe quais são as diferenças entre o time de vendas tradicional e o moderno, como também a importância de manter a equipe atualizada. Continue aqui no blog e saiba como treinar a equipe de vendas!